Edição 48

O livro da vez

A Menina Marca-texto

Edilene Nunes

Izabela Domingues
Editora: Calibán

livro_da_vezQuando terminei de ler A Menina Marca-texto, foi como se eu tivesse acabado de voltar de uma viagem de dentro da minha consciência e da minha alma. Não porque o livro é complexo ou porque trata de psicologia, tampouco porque visa explicar as atitudes humanas.

Fiz uma viagem, pois, com palavras simples e uma linguagem de fácil entendimento, especialmente para as crianças. Izabela Domingues fala de ações que até mesmo os adultos têm colocado em desuso.

Se fizermos uma análise do mundo em que vivemos, observaremos cada vez mais pessoas frívolas, apegadas a futilidades, sem se importar e sem valorizar as coisas boas. Dizer que algo é bom é muito relativo, não somente para nós, mas para toda a coletividade.

Afinal, não é todo dia que temos a oportunidade de ler um livro que retrate a capacidade de fazer escolhas e de ver suas consequências na nossa vida. Que enfatize a importância de darmos o melhor de nós em tudo o que fazemos, sempre valorizando os outros e buscando forças, no nosso desejo de realizar algo, quando sentimos que já não suportamos mais, que é hora de parar.

Mesmo que tenhamos uma decepção, tomemos essa luta como uma nova oportunidade de aprendizagem. No final, sempre teremos uma grande surpresa: para conseguirmos algo, dependemos de nós mesmos.

Portanto, se, para um adulto, ler um livro como esse é o mesmo que renovar o âmago, pense no efeito desse livro sobre as crianças, uma vez que estas ainda estão desenvolvendo o seu intelecto e assimilando os padrões morais seguirão.

No mais, só podemos esperar que Izabela Domingues, uma recifense cheia de ideias tocantes, possa continuar desenvolvendo seu talento e nos presenteando constantemente com obras assim.

cubos