Edição 13

Mensagem inicial

Abrindo as portas!

Antusa Assumpção

Ele virá…
simples como um pastor
e suas ovelhas;
alegre como uma criança;
forte e puro
como um íntegro rei.

Virá,
já se aproxima…
É por isso que as chuvas já varreram
todos os caminhos,
e as plantas vieram correndo
colorir tudo
com suas flores.

Para Ele,
os trovões estão rimbombando,
os relâmpagos, brilhando…
O último brinquedo cá dos homens
— um mundo de esferas e de sóis —
recolheu-se,
preparando uma noite
serena e bela,
de azul profundo.
Vai mandar para a Terra
um fulgor de mil estrelas
e planetas,
um brilho de mil cores.

E com Ele,
tudo, aqui de baixo, vai acordar,
os corações vão se abrir
suavemente, se unir.
Sem muito querer nem perceber,
em harmonia, numa canção,
trocando amor e perdão,
fazendo paz.

Vem, Senhor,
podes chegar!

Revista Primavera em Flor – dez. 1965. p. 6

cubos