Edição 17

Projeto Didático

As Paraolimpíadas

olimpiada07A idéia dos Jogos Paraolímpicos surgiu pela primeira vez em 1944, com o neurologista alemão Ludwig Guttman. Ele foi o primeiro a utilizar o esporte como terapia de reabilitação física e emocional. O termo Paraolimpíadas vem de “para”, que significa “paralelo”, ou seja, uma competição que ocorre paralelamente aos Jogos Olímpicos. Em Atlanta, as Paraolimpíadas aconteceram entre 17 e 28 de setembro, com a competição sendo realizada nas mesmas instalações olímpicas, apenas com algumas adaptações.

As primeiras Paraolimpíadas aconteceram em 1960, coincidindo com os Jogos de Roma. Cerca de 240 atletas de 23 países, portadores de necessidades especiais, participaram da competição, que repercutiu positivamente em todo o mundo.

O Brasil fez parte pela primeira vez das Paraolimpíadas em 1972, na Alemanha. No Canadá, em 1976, o País conquistou suas primeiras medalhas paraolímpicas com os atletas Robson Sampaio de Almeida e Luis Carlos “Curtinho”. Eles ganharam medalhas de prata na bocha. Suely Guimarães, que perdeu as duas pernas em um acidente na infância, já ganhou nove medalhas no lançamento de disco, dardo e arremesso de peso, ao participar de Jogos Pan-americanos, e foi recordista nas Paraolimpíadas de Barcelona e de Atlanta, sendo, por isso, considerada a estrela da equipe brasileira.

Das 19 modalidades paraolímpicas que serão disputadas em Atenas, o Brasil já garantiu vagas em nove: atletismo, natação, futebol para cegos, tênis de mesa, futebol para paralisados cerebrais, basquete em cadeira de rodas, ciclismo, judô e goalball. O Brasil ainda tem chances de se classificar no adestramento paraolímpico (hipismo), no halterofilismo, na esgrima e no tênis em cadeira de rodas.

cubos