Edição 62

Projeto Didático

Asilo: Dicotomia da Vida

Escola Paroquial Nossa Senhora de Fátima – Paulista – PE

img-1784

Apresentação

O atual plano de trabalho Dicotomia da Vida tem a finalidade de proporcionar aos jovens o conhecimento do Estatuto do Idoso no âmbito da lei e de sua atuação junto a entidades que acolhem os idosos.

A interação entre conhecimento científico, empírico e filosófico provoca nos jovens um despertar para a vida. A magnitude da ação e reflexão sobre o Estatuto do Idoso e a forma de vida existente nos abrigos, além de promover conhecimento, permite ao educando elaborar e produzir textos expressivos sobre os parâmetros estabelecidos para a convivência humana em sociedade.

Vale salientar que, durante a realização do projeto, trabalhamos com o 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio na disciplina de Redação, através da leitura, interpretação e produção de texto. O projeto foi ministrado no segundo semestre pela educadora Cláudia Fialho.

Justificativa

A convenção estabelecida pela Constituição para a sociedade, no que se refere ao convívio com os idosos, pede, essencialmente, uma prática educacional voltada para a inclusão social.

Trabalhar a cidadania reverenciando os idosos proporciona ao educando a edificação do saber interagindo com o fazer. Praticar a cidadania é um ato de desdobramento físico e mental, que, aliado ao comprometimento social, constitui, no indivíduo, a extensão do ser através de sua atuação como cidadão.

O ensino-aprendizagem do educando através do Estatuto do Idoso é enriquecido pelas experiências de vida com os idosos que vivem em asilos. A conexão desses dois mundos distintos e desiguais traz à tona a conscientização e valorização do respeito à vida.

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), “O compromisso com a construção da cidadania pede necessariamente uma prática educacional voltada para a compreensão da realidade social e dos direitos e responsabilidades em relação à vida pessoal, coletiva e ambiental” (p. 16).

O projeto aflora no educando o seu senso crítico, socializando sua cultura e seus valores político-sociais e promovendo o despertar da curiosidade referente a essa sociedade parcialmente desconhecida
pelo jovem.

Segundo os PCN…

O domínio da língua tem estreita relação com a possibilidade de plena participação social, pois é por meio dela que o homem se comunica, tem acesso à informação, expressa e defende pontos de vista, partilha ou constrói visões de mundo, produz conhecimento. Assim, um projeto educativo comprometido com a democratização social e cultural atribui à escola a função e a responsabilidade de garantir a todos os seus alunos o acesso aos saberes linguísticos necessários para o exercício da cidadania, direito inalienável de todos (p. 21).

Cabe ao educador ensinar aos alunos métodos de pesquisa e leitura para o seu desenvolvimento em relação às práticas sociais, com a intenção de contextualizar as influências existentes na sua vida, possibilitando, assim, que a sua aprendizagem seja realizada de forma autônoma e crítica.

Objetivos gerais

  • Sensibilizar os educadores e educandos para a utilização sistemática das leis referentes ao idoso estabelecidas pela Constituição como bibliografia complementar para os estudos de Redação.
  • Oportunizar uma visita a um asilo com o intuito de promover a reflexão sobre o conhecimento científico e empírico.

Objetivos específicos

  • • Socializar o conhecimento das leis do Estatuto do Idoso através de sua leitura.
  • Contribuir, com apoio pedagógico, para os textos de estudo.
  • Debater as informações respeitando a opinião do outro.
  • Estimular o pensamento crítico.
  • Concretizar a visita a orfanatos.
  • Estimular a prática da caridade.
  • Aproximar o educando dos idosos.
  • Valorizar as diferenças sociais.
  • Ampliar o vocabulário.
  • Possibilitar a produção de textos.
  • Incentivar a prática do amor ao próximo.

Metodologia

Em harmonia com os princípios e valores do ser, o projeto Dicotomia da Vida possibilitará ao educando o exercício pleno de sua cidadania, desempenhando a função de estimular o conhecimento teórico e gerar a prática.

O projeto Dicotomia da Vida baseia-se em uma estratégia de fomento ao desenvolvimento educacional dos educandos no que se refere à lei que estabelece diretrizes de vida e convívio para com os idosos.

O projeto aposta no desenvolvimento intelectual e psicológico do educando.

A partir da identificação do aprendizado teórico, serão estabelecidos planos de desenvolvimento de atividades práticas visando à transformação da realidade da turma com base na sua aprendizagem e no seu crescimento espiritual em nível social.

Foram elaboradas estratégias vinculadas aos estudantes envolvidos no projeto, tais como:

  • Leitura do Estatuto do Idoso.
  • Seminário em equipe sobre o conteúdo do estudo (Estatuto do Idoso).
  • Apresentação de peça teatral em sala de aula com o tema Aprendizagem.
  • Produção de texto.
  • Visita a um asilo.
  • Arrecadação de mantimentos.
  • Confecção de lembrancinhas.
  • Cardápio do lanche para o visitante e o visitado.
  • Lazer para os idosos.
  • Música.
  • Transporte (ida e volta do asilo).

Avaliação

Será de forma qualitativa e processual, através do diálogo, da observação, da participação, da produção de texto e da prática social.

Diretor: Pe Renato de Ataíde Maia
Coordenadoras: Katiane Gomes Costa e Maria Lúcia da Silva
Projeto idealizado pela professora Cláudia Fialho

cubos