Edição 44

Lá Vem a História

Coma os morangos

D. D`Cartio

morangos

“Os problemas não impedem ninguém de ser feliz.”

Um sujeito estava caindo em um barranco e se agarrou às raízes de uma árvore. Em cima do barranco, havia um urso feroz prestes a devorá-lo. O urso rosnava e mostrava os dentes pelo “prato” que tinha à sua frente.

Embaixo, prontas para engoli-lo quando caísse, estavam seis onças tremendamente famintas. Ele erguia a cabeça e via o urso rosnando. Abaixava depressa a cabeça, ouvia o urro das onças, próximas de seus pés.

Em determinado momento, ele olhou para o lado esquerdo e viu um morango vermelho, lindo, com aquelas escamas douradas refletindo o sol.

Num esforço supremo, apoiou seu corpo, sustentado apenas pela mão direita, e, com a esquerda, pegou o morango. Quando pôde olhá-lo melhor, ficou encantado com sua beleza.

Então, levou o morango à sua boca e se deliciou com o sabor doce e suculento. Foi um prazer supremo comer aquele morango tão gostoso.

Talvez você me pergunte: “Mas e o urso?”. Não se importe com o urso, coma os morangos! “E as onças?” Não dê atenção para as onças, coma os morangos!

Como posso relaxar e curtir bem um final de semana se muitos ursos estão diante de mim? Como posso ter bom humor se as onças estão procurando me devorar a todo instante?

Muitas pessoas vivem nesse dilema, olhando apenas para os problemas que têm enfrentado na vida, deixando de lado aquilo que pode ser muito prazeroso e agradável.

Procure viver um dia de cada vez. Se amanhã você vai deparar-se com ursos e onças, saiba que eles sempre vão existir. Não deve ser por esse motivo que você vai deixar de se deliciar com os morangos que estão disponíveis para você degustar hoje.

Problemas não impedem ninguém de ser feliz, eles acontecerão na vida de todos nós, até o último suspiro.

Viver de mau humor com os outros, estressado com o trabalho, irritado com a família por causa dos ursos e das onças não vale a pena, pois eles sempre estarão presentes no seu dia-a-dia.

Sempre existirão ursos querendo comer nossa cabeça e onças desejando arrancar nossos pés.

Isso faz parte da vida. O importante é saber comer os morangos, sempre.

D. D`Cartio. Motivado para vencer. São Paulo: Lio, 2008.

cubos