Edição 04

A fala do mestre...

Contribuições de Vygotsky para a Educação

Um dos conceitos mais importantes na teoria de Vygotsky é o de Zona de Desenvolvimento Proximal. O que significa esse conceito? Vygotsky afirma que, em qualquer pessoa, existem dois níveis de desenvolvimento: um nível de desenvolvimento efetivo, indicado pelo que o sujeito pode realizar sozinho e um nível de desenvolvimento potencial, indicado pelo que o indivíduo pode realizar com ajuda de outra pessoa mais velha ou mais experiente.

As teorias de desenvolvimento, em geral, estudam somente o desenvolvimento efetivo, isto é, aquele que já ocorreu. A Zona de Desenvolvimento Proximal (zdp) mede exatamente a distância entre esses dois níveis, o efetivo e o potencial. É portanto, um guia para indicar como podemos interferir no desenvolvimento de uma pessoa e modificá-lo. Com isso, Vygotsky não quer dizer que devemos tutelar a criança totalmente, mas, que o desenvolvimento é resultado da interação da criança com o meio social em que está inserido e, se conhecermos melhor esse processo, teremos condição de intervir sobre o desenvolvimento da criança de modo a ajudá-la.

Qual a importância desse conceito? Segundo Oliveira (1993), a Zona de Desenvolvimento Proximal é fundamental por duas razões. Primeiramente, porque não é toda criança que vai se beneficiar de uma intervenção. Se ela não houver atingido a zdp, nenhuma intervenção será eficiente. Uma criança que ainda não compreendeu a função da escrita não será capaz de utilizá-la, embora possa aprender as letras. É somente quando percebe que a escrita é utilizada para registrar informações, que a criança pode se desenvolver de modo significativo com ajuda externa.

Em segundo lugar, percebe-se então a importância que Vygotsky atribui ao papel da interação social.

Segundo Vygotsky, é essa interação uma das maiores responsáveis pelo desenvolvimento da criança. Mais à frente faremos alguns comentários relativos a estudos sobre a interação social do aluno na escola.

O saber é construído socialmente

Para Vygostsky o processo de ensino aprendizagem inclui sempre aquele que aprende, aquele que ensina e a relação entre as pessoas. Tudo isso é fruto de uma grande influência das experiências de cada pessoa.

cubos