Edição 72

Projeto Didático

Cordelicius

Escola Nossa Senhora das Graças – Engenho do Meio – Recife/PE

Cordelicius---DSC09466_opt

Este projeto tem por objetivos incentivar o conhecimento; desenvolver a leitura e a interpretação escrita e gramatical; e difundir os acontecimentos vivenciados em outras épocas, os quais favoreceram para compor o cenário atual. A Escola Nossa Senhora das Graças busca incentivar essas práticas através de projetos, nos quais são selecionados temas ou assuntos que estejam de acordo com a vida social deste País. Neste ano, em especial, a referida instituição evidenciou a comemoração do centenário de Vinicius de Moraes. Contemplando do Infantil I até o 9º ano, foram trabalhadas, de modo esmiuçado, a vida e algumas obras do autor, das quais procurou-se evidenciar algumas músicas e poemas.

A escola, de forma interacional, festejou a culminância do projeto com apresentações de todas as turmas, em que os próprios alunos puderam mostrar as atividades trabalhadas. Buscando uma nova maneira de mostrar um pouco da biografia de Vinicius, a turma do 5º ano compôs um cordel, no qual relata a vida do artista e também alguns poemas e seu estilo musical. Este texto foi elaborado depois de leituras e debates vivenciados em sala de aula. A interdisciplinaridade pode ser trabalhada nos conteúdos de História, Português e Matemática.

Cordelocius---SAM_1007_opt

Cordelicius

Vamos narrar a história
de um belo rapaz
que muito tempo atrás,
virou escritor.
Com a música e poesia,
a muitos encantou.

Foi pelas bandas do Rio
que nasceu, mas foi na Gávea
que os primeiros passos deu.
filho de Clodoaldo, o
mais ilustre funcionário
que a prefeitura conheceu.

A sua família era uma alegria.
D. Lídia, o seu piano, conduzia,
e todos os dias
tinha aquela cantoria.
Naquele lar, a felicidade a todos contagia,
e os quatro meninos assim cresciam.

Mas o piano por fim parou,
e D. Lídia, para o céu viajou.
E o povo que aqui ficou
com dor e lamento
encontrou, na poesia, o seu acalento.
E tudo enfim se renovou.

Mas, no meio dessa tempestade,
com muita força de vontade,
um contador se fazia.
para mostrar ao povo, através da poesia,
que felicidade e fidelidade existiam,
e muitas outras coisas ele contaria.

Então se assucedeu
que outro amigo ilustre conheceu,
E, com Tom Jobim, a amizade se deu.
E, desse grande enlace,
junto com João Gilberto,
A Garota de Ipanema e a Bossa Nova nasceram.

Esse conto, meu rapaz,
conta Vinicius de Moraes,
que fazia poesia na luz do dia.
E seu centenário comemorou
com a Escola Nossa Senhora das Graças.
O 5º ano se entrelaçou
e esse conto de história narrou.

Coordenadora do projeto:
Verônica Viegas Damascena

cubos