Edição 99

Projeto Didático

Corpo humano: a máquina perfeita de superação

Centro Educacional Pequeno Aprendiz – Rio das Ostras/RJ

31

Os mais antigos registros históricos já mostravam o interesse e a preocupação do ser humano em entender e explicar o mundo no qual vivemos.

A ciência está presente em nosso dia a dia, no nosso corpo, na natureza, na mídia, nas aplicações tecnológicas.

Ciência significa conhecimento. Ela resulta de um processo de observação, estudo e tentativa de explicar o ambiente em que vivemos através da teoria relacionada à prática.

Ciência é criatividade, é aprender e fazer.

A melhor maneira de se aprender alguma coisa é praticando. Só conseguimos aprender verdadeiramente quando colocamos em prática os conhecimentos adquiridos.

O conhecimento dos conceitos relacionados às ciências (Física, Química e Biologia) e suas inter-relações pode proporcionar um melhor entendimento dos fenômenos naturais e das inúmeras aplicações práticas de seus conceitos.

Estimular, nas crianças, a vontade de adquirir novos conhecimentos e também sua curiosidade através do aprender, explicar e fazer ciência por meio de atividades e experimentos é função da escola.

Justificativa

Há milhões de anos, o corpo humano vem se transformando e evoluindo para se adaptar ao ambiente e desenvolver o seu ser. Nosso corpo é uma mistura de elementos químicos feita na medida certa.

As partes do corpo humano funcionam de maneira integrada e em harmonia umas com as outras. Milhares de reações químicas acontecem a todo instante dentro do nosso corpo, seja para captar energia para a manutenção da vida, movimentar os músculos, recuperar-se de ferimentos e doenças ou se manter na temperatura adequada à vida. É fundamental entendermos o funcionamento do corpo humano a fim de adquirirmos uma mentalidade saudável em relação à nossa vida.

A proposta pedagógica das turmas da Educação Infantil ao Ensino Fundamental I, ao definir o Corpo Humano como tema da Mostra da Feira de Ciências, é fazer com que os estudantes abordem assuntos relacionados à saúde em seus aspectos anatômicos, preventivos e sociais, conhecendo e entendendo como os órgãos se inter-relacionam e percebendo a importância do respeito à diversidade da cultura do povo brasileiro e o seu poder de superação.

O projeto da Feira de Ciências, ao qual demos o nome de Corpo Humano: A Máquina Perfeita de Superação, é um projeto de estudo das ciências da vida que envolve todas as áreas do conhecimento e em que, através de diversas atividades e experiências sobre o tema, os estudantes vão aprender de maneira interativa e lúdica.

Objetivo geral

Promover a interação entre estudantes, pais e professoras, apresentando a todos, de forma sistematizada, as pesquisas, os estudos, os experimentos e as demais produções dos alunos.

Público-alvo

Alunos da Educação Infantil ao Ensino Fundamental I.

Objetivos específicos

Envolver as turmas da Educação Infantil ao Ensino Fundamental I da escola nas atividades propostas pelo projeto.
Estimular a produção e a execução de projetos educacionais.
Desenvolver a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade.
Avaliar as habilidades e as competências dos estudantes envolvidos na execução do projeto.
Aplicar a metodologia científica nas atividades práticas e teóricas.
Estimular o desenvolvimento de competências e aptidões em diversas áreas do conhecimento nos executores do projeto.
Estimular a pesquisa.
Proporcionar um espaço agradável, lúdico e alternativo de aprendizado.

Desenvolvimento

O projeto foi dividido em três partes: primeiro, foram passadas aos alunos as ideias. Segundo, o projeto foi montado, na sala de aula, juntamente com as professoras. Por fim, na terceira e última etapa, o projeto foi executado.

Tendo como gancho as Olimpíadas, a escola, através do corpo docente, escolheu como tema da Feira de Ciências: Corpo Humano: A Máquina Perfeita de Superação. Todos colaboraram para a perfeita sincronia nas demais turmas e disciplinas. As turmas da Educação Infantil trabalharam com os cinco órgãos dos sentidos. Já as turmas do Ensino Fundamental I trabalharam numa sequência, abordando desde o conhecimento do corpo humano (1º ano) até a alimentação (2º ano), a função dos sentidos (3º ano) e os sistemas do corpo humano (4º e 5º anos).

A disciplina Educação Física, de forma integrada, abordou a importância das atividades físicas para além das limitações físicas e motoras através dos esportes; e calculou o índice de massa corporal dos participantes, quando estes tiveram a possibilidade de descobrir se estão com o seu peso ideal, avaliando os fatores de risco ocasionados por uma vida sedentária e os benefícios adquiridos através de práticas de exercícios físicos orientados.

Todos enfatizaram em seus temas a perfeição da máquina humana, como todas as engrenagens funcionam interligadas em perfeita harmonia.

Utilizamos o espaço da quadra da escola, onde a exposição teve a participação dos pais, que puderam prestigiar o trabalho dos filhos juntamente com as demais professoras.

Coordenadoras do projeto:
Danielle Portugal (professora de Ciências Naturais), Liliana Soares (professora de Educação Física) e demais professoras da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I.

Equipe de apoio:
Cristiane Sousa (gestora), Laila Barcelos (adjunta) e Andréa Abreu (coordenadora pedagógica).

cubos