Edição 55

Dicas de filmes

Dicas de Filme

Albergue espanhol

O cotidiano de estudantes de diversas nacionalidades que dividem um apartamento em Barcelona e amadurecem durante o período em que se mantêm distantes de suas famílias, em programas de intercâmbio que vai além de sala de aula.

Quase Deuses

Nashville, 1930. Vivien Thomas (Mos Def) é um hábil marceneiro, que tinha um nome feminino pois sua mãe achava que teria uma menina e, quando veio um garoto, não quis mudar o nome escolhido. Ele é demitido quando chega a Grande Depressão, pois estavam dando preferência para quem tinha uma família para sustentar. A Depressão o atinge duplamente, pois sumiram as economias de 7 anos, que ele guardou com sacrifício para fazer a faculdade de medicina, pois o banco faliu. Thomas consegue emprego de faxineiro, trabalhando para Alfred Blalock (Alan Rickman), um médico pesquisador que logo descobre que ele tem uma inteligência privilegiada e que poderia ser melhor aproveitado. Blalock acaba se tornando o cirurgião-chefe na Universidade Johns Hopkins, onde está pesquisando novas técnicas para a cirurgia do coração. Os dois acabam fazendo parceria incomum e às vezes conflitantes, pois Thomas nem sempre era lembrado quando conseguiam criar uma técnica, já que não era médico.

Marock

Em um bairro rico de Casablanca, no Marrocos, um grupo de jovens está prestes a se formar no colégio. Apesar de viverem com conforto e disporem de quase toda a comodidade que um jovem ocidental também tem, eles sabem que sua cultura rígida e o descaso com as faculdades locais não lhes permitem uma boa vida no país daquele momento em diante. A maioria já tem definido para qual país se mudará e qual faculdade irá cursar. Mas alguns, seja por problemas econômicos ou por apego às tradições, vão continuar por lá.

O preço do desafio

Preconceitos e discriminações são atitudes corriqueiras nos quatro cantos do mundo e iniciativas como a do filme “O preço do desafio” são sempre bem vindas quando o que se almeja é um quadro mais favorável para a tolerância étnico-social. O filme de que tratamos é baseado em fatos reais e nos conta a história de um grupo de alunos, de origem hispânica, que estuda em uma escola sucateada no subúrbio de Los Angeles. Ao superarem o preconceito, demonstram que a etnia não é um fator decisivo para o sucesso ou para o fracasso. Através da capacidade de superação dos alunos, somada a disposição e a força de um professor de matemática, eles percebem que, se a condição de vida e de trabalho são similares, então não existe uma superioridade de uns sobre os outros. O filme aborda alguns fenômenos sociais importantes como o preconceito, a cooperação, a competição, o conflito, entre outros, além de explicitar o que, certamente, já foi vivido em outros locais dos Estados Unidos e, acredito também, no Brasil.

cubos