Edição 111

Dicas de leitura

Dicas de leitura

AUTISMO: AZUL E DE TODAS AS CORES – Guia básico para pais e profissionais

Neste guia básico sobre autismo para pais e profissionais da Saúde e da Educação, buscaremos esclarecer alguns mitos sobre o tema, tirando dúvidas sobre as possíveis causas, a sintomatologia e o porquê dessas manifestações, a partir de estudos da neurociência. Descreveremos as dificuldades manifestadas pelo quadro, mas também apresentaremos possibilidades, pois nos cabe orientar sobre quais caminhos seguir para melhor qualificar a vida de seus filhos, alunos ou pacientes com essa condição diagnóstica.
Wilson Candido Braga

METODOLOGIA DE INVERSÃO CORPORAL PARA AUTISTAS

Acreditar na afirmação de que a pessoa com autismo vive em um mundo só seu é o mesmo que acreditar que ela é incapaz de participar dos contextos social e cultural, tirando dela as possibilidades tão essenciais de vivenciar as interações humanas, de ser humana. Este trabalho procura não enfatizar na pessoa com autismo as incapacidades e impossibilidades a ela impostas pela sociedade nem suas características em relação à interação e à comunicação e aos interesses restritos e repetitivos como algo imposto geneticamente, que pode até ser minorado, mas não extinto, visto que estão hermeticamente fechados em seu organismo.
Elvio Marcos Boato

Autismo, linguagem e educação – Interação social no cotidiano escolar

Obra importante para professores, que, por meio dessa leitura, encontrarão subsídios para nortear o trabalho com seus alunos autistas em salas de aula comuns, onde todos terão oportunidade de desenvolver habilidades e capacidades inerentes a cada indivíduo.
Um livro que promove a reflexão, a discussão e as possibilidades de novas ideias que caminhem em prol da inclusão da pessoa com autismo na escola, na família e na sociedade.

Sílvia Ester Orrú

Crianças Psicóticas e Autistas – A construção de uma escola

Este livro pretende resgatar e narrar a surpreendente trajetória de educadores, estagiários de psicologia e psicanalistas na construção de um espaço de acolhimento e de aprendizagem para crianças e adolescentes excluídos da escola regular. A partir da Escola de Bonneuil e das orientações da psicanalista francesa Marie-José Lérès, eles projetaram uma escola para alunos psicóticos e autistas, estudando e planejando outras formas de organização do trabalho escolar. Esses profissionais escrevem sobre o desafio de aprender, no dia a dia, a lidar com esses alunos, das oficinas criadas como espaços de convivência e de imaginação, da contribuição dos conceitos psicanalíticos ao trabalho pedagógico.
Maria Nestrovsky Folberg e Maria Solange Bicca Charczuk

Receitas de brincadeiras: a arte de desenvolver vários tons de azul!

O livro Receitas de brincadeiras: a arte de desenvolver vários tons de azul! pretende, de forma clara e simples, esclarecer algumas questões acerca do Transtorno do Espectro Autista, conceituar o que é brincar, o que é brinquedo, bem como mostrar a importância do brincar com a pessoa no transtorno e sugerir 50 tipos de brincadeira. O livro foi idealizado por duas mães de crianças com TEA que, a partir de suas vivências em casa e experiências profissionais, perceberam que o brincar é essencial no processo de desenvolvimento de uma criança, seja ela autista ou não. As autoras advertem para o fato de que essas “receitas” não devem ser vistas como prontas, mas como sugestões a serem incrementadas com a originalidade, atribuindo vida e adequando cada brincadeira ao perfil da criança que irá brincar.
Ana Cláudia Prazeres França Cavalcanti de Albuquerque e Frínea Martins da Costa Andrade
cubos