Edição 15

Dicas de leitura

Dicas de Leitura

 

Olhar de Descoberta

Em uma consciente concepção de mundo, fundamenta-se a proposta didático-experimental deste livro, Olhar de Descoberta, fruto da rica experiência criadora de Lúcia Pimentel Góes, autora altamente sintonizada com as mais recentes formas de literatura e de arte destinadas às crianças (e aos adultos atentos, por que não?).

O professor-guia desse processo de descoberta tem, aqui, um farto material de orientação teórica e prática docente nas áreas da Literatura, Arte e Educação.
Nelly Novaes Coelho - Universidade de São Paulo

AUTORA: Lúcia Pimentel Góes
 

Teia de Autores

Nem tudo que cai na rede é autor, pode ser leitor. Mas nem todo leitor se transforma em autor. O que faz com que alguém que esteve às voltas com letras, números, frases inteiras, parágrafos, ilustrações, desenhos, figurinhas e HQs feitos por outros transforme-se em alguém que componha letras, frases e figuras, histórias inteirinhas, com princípio, meio e fim, para outros? Qual o anzol para qual peixe? O que existe em certos livros — e não em outros — que faz com que se atravesse aquela linha que divide o universo letrado em duas partes complementares e indispensáveis uma à outra? Talento? Vocação? Disposição de bens culturais? Talvez a resposta esteja neste livro, talvez não esteja nem aqui nem em outra parte, mas naquele it que faz com que se saiba que trabalhando muito é possível escrever. Se o livro vai acabar, não é culpa dos autores, que neste país ainda há muitos, e dos bons. Que sobrevivam os autores e os leitores; do resto, o tempo se encarrega.
Eliane Marta Teixeira Lopes

ORGANIZADORES: Pedro Benjamim Garcia e Tania Dauster
 

Trilogia Pedagógica

Trilogia Pedagógica é o relato de uma trajetória de quem vem lutando pela democratização do livro e da leitura no Brasil há mais de 30 anos. Essa trajetória foi construída na prática, por meio de escritos diversos, participação em congressos e um longo trabalho de docência com professores de vários estados brasileiros. Ezequiel Theodoro da Silva debruça-se sobre o conjunto da sua experiência acadêmica, organizando, em seqüência, três livros sobre o tema da leitura. “Com esta trilogia, pretendi retomar, reorganizar e aperfeiçoar os meus escritos para uma minicoleção que contemplasse aquilo que penso, fiz e talvez ainda possa fazer em prol do desenvolvimento da leitura no País.” A trilogia destina-se a professores de todos os níveis de ensino, já formados ou em processo de formação.
Editora Autores Associados

AUTOR: Ezequiel Theodoro da Silva
 

Contar e Encantar

O que conta este livro está contado. Contado e vivido. Vivido e pensado. Pensado e recuperado. Recuperado e transformado. Cumulativa voz, de milenar encanto, que nasce do ventre da roda, atravessa auditórios, oficinas, cursos de comovidos ouvintes e hoje acompanha a nova espiral do próprio prazer, virando letra viva, inquieta e bem articulada. Cléo Busatto convida outras vozes para pensar com ela o mistério das metáforas que surpreendem o próprio mito e, assim, levanta significados densos nos enigmas que perseguem a origem de nossa humanidade. Reconheço, no universo de leituras da autora, a presença importante de Vico, de Bachelard, de Jung. E, ainda, Lévi-Strauss, Bruno Bettelheim, Paul Zumthor, Joseph Campbell, Walter Ong, Ítalo Calvino e outros que ora aportam, ora reportam, ora transportam. Glória Kirinus - Professora da PUC/PR e da Uniandrade
AUTORA: Cléo Busatto
 

Estão Mortas as Fadas?

Este livro apresenta uma coletânea de textos derivados de pesquisas sobre a presença da literatura na escola. Discute a importância da literatura na formação cognitiva, lingüística, comunicativa e psicológica da criança. Sugere, argumentando com ilustrações, a necessidade de implementar práticas pedagógicas prazerosas e regulares, como contar e ler os textos dos contos de fadas, para assegurar uma relação escolar bem-sucedida, visto que a leitura é ferramenta instrumental na cultura letrada. O texto é indicado para professores dos ensinos Fundamental e Médio e alunos de Letras e Pedagogia. Editora Vozes
AUTORA: Marly Amarilha
 

Janelas da Imaginação – Série Espaço Aberto

A série Espaço Aberto é uma publicação que reúne textos de educadores que, em diferentes momentos, compartilharam seu conhecimento e sua experiência conosco, na busca de melhor formar nossos educandos. Os textos caminham pela singularidade de cada pensamento, propiciando ampliações e articulações entre os fazeres e suas respectivas fontes teóricas. Nosso objetivo é somar, abraçando novas parcerias e ofertando o resultado a vocês, leitores. Editora Espaço Pedagógico
AUTORES: Daniel Mundurukú, Iliadá de Castro, Juliana Davini, Lynn Carone Martinelli, Regina Machado, Maria Stela Barbieri.
 

Ao Longo do Caminho

“A publicação deste volume reunindo os textos da coluna de Laura Sandroni para o Jornal da Família, de O Globo, tem muitas razões para ser festejada. A primeira delas é, possivelmente, a mais evidente: a publicação é um referencial importante com relação à produção de literatura infantil brasileira em praticamente três décadas. Por muito tempo inserida no Jornal da Família e, depois, no Segundo Caderno, a coluna tinha uma intenção clara e simples: pretendia sempre, sem teorizar, apresentar ao leitor interessado os últimos lançamentos das editoras na área da literatura infantil e juvenil, realçando aspectos positivos ou negativos das obras, postas muitas vezes em comparação umas com as outras. (...) Outro ponto importante (...) decorre desse valor histórico fundamental. Como a história tende a nos dar lições para o presente, este volume põe-nos diante de indagações talvez incômodas. Pais e educadores em geral têm atualmente outras fontes de informação sobre obras literárias para crianças ou a questão deixou de ter importância na esfera doméstica? Por que a literatura infantil — na verdade, a produção cultural infantil — só esporadicamente chega aos cadernos de cultura?” Do prefácio de Maria Antonieta Antunes Cunha Editora Moderna
AUTORA: Laura Sandroni
 

Ensinar o Prazer de Ler

O livro Ensinar o Prazer de Ler, de Maria Inês Batista Campos, focaliza a leitura pelo caminho do prazer estético e alcança patamar relativamente raro no meio acadêmico: conduzir o leitor por caminhos prazerosos, do início ao fim. Com linguagem fluente e precisa, ele organiza o texto de forma feliz, pois vai introduzindo o referencial teórico enquanto discute, analisa e propõe soluções para o problema apresentado. Conferindo dados de pesquisas anteriores, verifica que, em escolas representativas de segmentos que atingem a classe média alta, ainda há um longo percurso a ser feito no sentido do aprimoramento de uma experiência estética que não é propriedade de nenhum grupo social específico. Maria Inês conjuga o tratamento qualitativo e o quantitativo para a coleta e análise dos dados obtidos junto a professores e alunos, com a certeza de que um conhecimento mais apurado do problema pode levar os atores da cena educacional a transformações positivas na leitura do texto literário. Neste trabalho, sobressai não só a opção teórica central da autora — a Teoria da Recepção Estática de Jauss —, mas também seu envolvimento com a temática, bem como sua crença na possibilidade de que novos olhares e gestos de leitura possam provocar transformações efetivas no trabalho escolar, de modo especial naquele que se faz com textos que integram o universo literário. Anna Maria Marques Cintra
AUTORA: Maria Inês Batista Campos
 

Palavra e Imagem: Leituras Cruzadas

Palavra e imagem são elementos centrais do processo comunicacional de nossa sociedade e suscitam múltiplas leituras: leituras cruzadas. A figura do livro, hoje ameaçada diante dos recursos da tecnologia informacional, com conseqüências no mercado editorial e no reduto das escolas, serve de fio condutor para as reflexões das autoras sobre a relação escrita–imagem e o ato da leitura. A leitura é um processo associativo que promove a interação escrita e imagem em diversos sentidos: a imagem propriamente dita; a que ilustra textos verbais; aquela construída pelo leitor quando lê, que tanto pode se restringir ao momento real de produção de sentido, como pode ser base de outras criações. Com um objetivo explicitamente didático, relatam-se duas propostas de leitura de textos: trabalhar estratégias textuais sob a referência da relação palavra–imagem e refletir também sobre as fronteiras textuais e territoriais. Editora Autêntica
AUTORAS: Ivete Lara Camargos Walty, Maria Nazareth Soares Fonseca, Maria Zilda Ferreira Cury.
 

Incentivando o Amor pela Leitura

Este livro aborda o objetivo fundamental e mais importante do ensino da leitura — como estimular o amor pela leitura. Incentivando o Amor pela Leitura faz uma análise do professor e do papel crítico que ele desempenha na tarefa de ajudar as crianças a tornarem-se leitores motivados, ativos e envolvidos, que lêem tanto por prazer como pela necessidade de se manterem informados, pois, na leitura, encontram satisfação e prazer pessoal. Editora Artmed
AUTORA: Eugene H. Cramer e Marrietta Castle
 

Literatura Infantil

Que lugar ocupa a Literatura Infantil, neste limiar de século, num mundo como o nosso, dominado pela imagem e pela velocidade eletrônica? Essa é a interrogação-eixo a que este volume pretendeu responder, tendo, no horizonte, duas premissas: a crença na energia mágica da palavra ou da experiência literária (que leva o eu a se autodescobrir em relação ao outro e, também, a ver além das aparências do real) e a urgência de pensarmos na nova educação, ou melhor, nos novos caminhos do saber a serem trilhados pelas novas gerações. Editora Moderna
AUTORA: Nelly Novaes Coelho
cubos