Edição 16

Dicas de leitura

Dicas de leitura

A construção da pessoa em Wallon e a constituição do sujeito em Lacan

Este livro destina-se a educadores, psicólogos, psicanalistas, pedagogos e a todos aqueles que se interessam pelas questões da Psicologia e da Educação, em especial pela conexão Psicanálise–Educação. Ao buscar conexões e diferenças entre Henri Wallon e Jacques Lacan, o estudo apresenta novas perspectivas teóricas e discorre também sobre algumas implicações educacionais de ambas as teorias. Nesse sentido, o leitor poderá trilhar, junto com a autora, as trajetórias de Henri Wallon sobre o processo de construção da pessoa e de Jacques Lacan em relação à constituição do sujeito como sujeito subvertido.

Aqui são apresentadas algumas semelhanças entre os autores e as principais diferenças em suas respectivas formulações. A aproximação entre Lacan e Wallon revelou-se fundamental, num primeiro momento, através da formulação do estádio do espelho por Lacan, subsidiado em estudos wallonianos, mas não se sustentou ao longo de sua obra.

Autor: Alice Beatriz B. Izique Bastos
Editora: Vozes

Casos, fábulas, anedotas ou inteligências, capacidades, competências

Este é um livro diferente. Em vez de buscar as formas consagradas de refletir o cotidiano da sala de aula e os desafios na vida do professor pelas maneiras convencionais, o autor optou em fazê-lo por meio de fábulas, casos, anedotas e lendas, procurando buscar nos caminhos da poesia, da ironia, da graça e da emoção as incoerências entre a sala de aula que somos obrigados a ter e a que gostaríamos de construir. Dessa forma, o livro destaca os temas cruciais da Educação, sempre os antecedendo com um caso — verídico ou não — que serve de metáfora para ser mais bem percebido e mais intensamente incorporado. Os casos relatados podem não despertar o riso, mas, por certo, seu vínculo com o tema educacional que explora constitui circunstância indiscutível.

Autor: Celso Antunes
Editora: Vozes

A inteligência aprisionada

As idéias e propostas de Alicia Fernández a tornaram referência na Psicopedagogia da atualidade. Afirmando essa condição em A inteligência aprisionada, ela desenvolve uma abordagem clínica da criança e sua família, descrevendo a dinâmica dos aspectos institucionais, familiares e subjetivos que permeiam o processo terapêutico eficaz para os problemas de aprendizagem, mediante exemplos concretos e instigantes.

Esta é uma obra de leitura obrigatória para psicopedagogos.

Autor: Alicia Fernández
Editora: Artmed

Antiguidades modernas – crônicas do cotidiano escolar

Será que existe algo mais antigo e costumeiro na vida de um professor que reflexões sobre ele mesmo, seu jeito de ser e de trabalhar? Será que seu trabalho em sala de aula não mereceria também o adjetivo de tradicional? O que dizer então do quadro-negro, do caderno, da aprendizagem e até mesmo do tema sobre a inclusão? Por outro lado, será que existe algo mais moderno em Educação que a possibilidade de se vislumbrar nas pessoas a mente funcionando? Será que os novos estudos sobre o cérebro não podem nos mostrar como ocorre efetivamente a aprendizagem e de que maneira se manifestam nossas inteligências? Não seriam estes, por acaso, temas modernos? Essa contradição básica que envolve a Educação atual justifica o título desse importante livro, que reúne crônicas sobre a aula, a aprendizagem, a inclusão, a educação moral e emocional, bem como sobre o professor e seus recursos.

Autor: Celso Antunes
Editora: Artmed

Muito prazer, eu existo: um livro sobre as pessoas com síndrome de Down

“No Brasil, nascem, a cada ano, cerca de oito mil crianças com síndrome de Down, que nós, indevidamente, chamamos de mongolóides. A maior limitação para que se tornem adultos integrados, produtivos, felizes e independentes não é imposta pela genética, mas sim pela sociedade, o que nos falta é informação.”

Autora: Cláudia Werneck
Editora: WVA

Os filhos vêm do céu

A difícil tarefa de educar os filhos pode se tornar mais prazerosa e bem-sucedida com Os filhos vêm do céu, um guia que aplica conceitos baseados na educação positiva. O autor de Homens são de Marte, mulheres são de Vênus explica como lidar com crianças voluntariosas e adolescentes problemáticos, com base em cinco mensagens que, uma vez aplicadas, minimizam conflitos e trazem harmonia às relações familiares.

Autor: John Gray
Editora: Rocco

Mãos Tagarelas Bocas Sorridentes

Enquanto houver duas pessoas usando a língua de sinais em todo o Universo, os surdos continuarão felizes e terão liberdade para expressar todas as sentenças que brotarem e pousarem em seus pensamentos.

Autor: Jonas Ribeiro
Editora: Franco
cubos