Edição 50

Editorial

Editorial

Prezado Educador/Prezada Educadora,

img1Este editorial, primeiro deste ano que se inicia e comemorativo
da nossa 50ª edição, sinto o desejo de fazê-lo em forma
de oração.

Meu Senhor, como é gratificante constatar que a Construir
Notícias está sendo utilizada como apoio didático-pedagógico
nas salas de aula de um número cada vez maior de escolas.
É uma prova de que estamos no rumo certo num país
como o nosso, em que a constante escassez de recursos humanos
e materiais dificulta enormemente a atualização do
professor, mola mestra do aprendizado em todos os níveis.

É por isso que a Construir Notícias, nestas 50 edições, sempre
preza pela qualidade de seus artigos e pelas sugestões
de atividades práticas, possibilitando sua aplicação imediata
em sala de aula.

Assim, podemos afirmar, Senhor, que a Construir Notícias é
um sucesso no meio educacional e, por isso, Te louvamos e
agradecemos.

Como já é de costume, Senhor, todos os anos a primeira
Construir Notícias é dedicada à Campanha da Fraternidade,
que, este ano, traz o tema Economia e Vida, tendo como base

o versículo de São Mateus (6, 24) que nos diz:
Um escravo não pode servir a dois senhores ao mesmo
tempo, pois vai rejeitar a um e preferir o outro; ou será
fiel a um e desprezará ao outro. Você não pode servir a
Deus e também servir ao dinheiro.

Mas, Senhor, como é difícil perceber que, num mundo tão
consumista como o nosso, esse Teu mandamento tem se
perdido e que Teu projeto de família vem sendo destruído,
principalmente pela falta de diálogo e respeito em nossos
lares, refletindo na sociedade e nas escolas.

É uma pena, Senhor, constatar que boa parte de nossos jovens
alunos não Te coloca como prioridade em suas vidas.
É lamentável porque eles não compreendem que, quando
confiamos em Ti, ficamos livres para nos entregar ao Teu
serviço, colocando os interesses do Teu reino em primeiro
lugar, em vez de ficarmos ansiosos com coisas menores.

Senhor, nossa sociedade está dando às crianças e aos jovens
uma visão defeituosa do amor. Tu és o amor. Ao ouvirem
música, assistirem aos programas de televisão, lerem histórias
de ficção e observarem os que os rodeiam, é bem provável
que, infelizmente, estejam aprendendo que o amor é
condicional, baseado em sentimentos e temporário.

Como podemos, Senhor, ajudar nossas crianças e nossos
jovens a verem por trás das distorções que o mundo faz
do amor e perceberem o tipo de amor divino? Como fazer
com que percebam que, se quiserem viver o amor, precisam
olhar para Ti?

A Bíblia diz: “Deus é amor” (I João 4, 8). Em Mateus 5, 16,
Jesus disse aos seguidores para permitirem que a luz do Seu
amor brilhasse por intermédio das suas vidas, a fim de dei-
xá-los atraídos por Deus.

Senhor, que este seja o nosso desejo: ser luz diante de nossas
crianças e nossos jovens para que possam viver a luz da
Tua palavra, e não do dinheiro.

Enfim, rogo a Ti, Senhor, em nome de todos os educadores e
todas as educadoras, que os abençoe e lhes abra fronteiras,
que Tua mão esteja com cada um deles e que o mal não os
atinja (Crônicas 4: 9–10).

Amém.

assinatura

cubos