Edição 11

Matérias Especiais

Escolha profissional: caminhos e muitas dúvidas

Satisfazer os desejos dos outros, decidir por modismo ou encontrar o caminho já na Universidade, após tentativas com erros e acertos, não são formas corretas para a escolha profissional. Considerando o interesse, as aptidões e a vocação, o trabalho de orientação, hoje ampliado, faz com que educadores, estudantes e pais contem com um leque de possibilidades para uma decisão mais consciente. A Construir Notícias convidou o psicólogo José de Arimatéia, especialista no assunto, para uma abordagem que reúne: esclarecimentos, informações e dicas.

A escolha da profissão é uma das decisões mais importantes e difíceis pelas quais os jovens passam.

Por que é importante?

Através da profissão, desempenhará uma função social na comunidade em que vive. É por ela que um jovem entra no mundo dos adultos.

O trabalho, portanto, é uma função determinante da posição que ocupa no grupo social em que está inserido.

A escolha que fizermos poderá ser fonte de realização, se for adequada, ou de frustração, se inadequada.

Por que é difícil?

Na maioria das vezes tem que realizar a escolha ainda muito jovem e existe uma variação muito grande de profissões, cursos e escolas para escolher.

Nem sempre conhece o mundo do trabalho e a si próprio suficientemente, por isso, há uma tendência para a escolha das profissões consideradas de maior prestígio, status ou profissões da moda e ainda sofre influências das expectativas dos familiares e amigos.

Muitas vezes são tentados ou até impelidos a escolher cursos que propiciam ganhos maiores ou mais rápido e fácil, outras vezes são compelidos a escolher cursos mais rápidos, fáceis ou com vestibular mais acessível.

Existe ainda muito preconceito em relação a determinadas profissões, por exemplo, sendo exclusivamente de homens ou mulheres, outras vezes rejeitam ou valorizam determinados cursos pela predominância de matérias que foram ministradas por professores com quem tiveram experiências negativas ou positivas.

Como deve ser uma boa escolha profissional?

Valiosa para cada um e para a comunidade em que vive; racional, porque deve considerar questões importantes como: remuneração, oportunidades de trabalho, vantagens e desvantagens que possam advir da escolha que está fazendo; consciente, por ser produto de uma reflexão muito uidadosa e meticulosa das motivações para realizar as tarefas inerentes à profissão escolhida; livre e independente das influências externas; e responsável, na medida em que considera todos os critérios apontados.

Como podem se preparar para realizar uma boa escolha?

Um educador experiente ou profissional especializado poderá ajudar nessa tarefa. A profissão escolhida precisa estar integrada a decisões conscientes, sob pena de se tornar fonte de frustração e não de crescimento e prosperidade. Existem alguns pontos básicos, envolvendo reflexão e conhecimento, imprescindíveis nesse momento:

1. Identificar características pessoais (interesses, necessidades, valores, habilidades, jeito de ser, tipo de raciocínio, etc.) através das atividades para as quais tem atenção direcionada na escola, família, casa ou grupo de amizade ou ainda quais as tarefas para as quais sempre é indicado pela facilidade, intimidade e desenvoltura que demonstra ter ao realizá-las. Outra dica é quais os principais passa-tempos, como gosta de se divertir.

2. Procurar definir sua missão na vida, objetivos e o projeto que tem para o futuro. Muitas dicas estão na própria história de vida, família, experiências por que já passou ou por que deseja passar. Se no projeto de vida a meta maior está em ser alguém, adquirir algumas características ou conhecimentos, ou o foco é ter algo, adquirir posses, ou se a prioridade está em realizar determinadas ações e ser reconhecido por essas realizações, as profissões mais adequadas serão distintas.

3. Informar-se, com detalhes, a respeito das profissões e das oportunidades de estudo existentes. Atualmente, existem muitos sites voltados para esse tipo de informação. A conversa com um profissional ou com um professor daquela profissão poderá ser interessante. Nesse momento, é útil procurar saber o que faz, especialidades que são oferecidas, matérias estudadas, principais características do bom profissional e situação atual e futura do mercado de trabalho.

cubos