Edição 28

Matérias Especiais

Influências Africanas

influencias
FOTOS: PIERRE VERGER
CULINÁRIA – os negros trouxeram uma gastronomia riquíssima, aqui reestruturaram pratos, e fizeram iguarias com ingredientes que trouxeram da África, como: coco, inhame, café, quiabo, gengibre, melancia, acarajé, banana, azeite-de-dendê,vatapá, também incorporaram elementos que não eram “seus” como: amendoim, pimenta, mandioca, milho; dessa “mistura” surgiram delícias como: cuscuz (no começo feito com arroz, mas aqui passou a ser feito com milho), feijoada, moqueca de crustáceos, caruru, entre tantas outras.

MÚSICA – instrumentos de manifestações culturais como: agogô, abê, berimbau, alfaias, ainda são amplamente utilizados e estão diretamente ligados aos negros.

DANÇAS – algumas expressões culturais como os maracatus em Pernambuco, sambas baiano e carioca, capoeira, cocos, congados mineiros, caboclinho, maracatu, movimento Mangue Beat e muitas outras que estão vivíssimas e têm uma relação estreita com os negros escravos trazidos para o Brasil.

RELIGIÃO – não podemos deixar de citar movimentos religiosos como: afoxés, orixás, xangôs, candomblés, que traduzem crenças e religiosidade de vida.

VOCABULÁRIO – temos inúmeras palavras que foram modificadas ou adaptadas à língua portuguesa, como: chequerês, xodó, tanga, maracutaia, mandinga, sinhá, quitanda, moleque dando, assim, uma enorme contribuição à formação lingüística do povo brasileiro.

influencia5 influencia6 influencia7 influencia8

Olhar a África e ver o Brasil
Fotos: Pierre Verger – Organização: Raul Lody
Editora: Companhia Editora Nacional – www.ibep-nacional.com.br

cubos