Edição 12

Projeto Didático

O colégio Soledade pede passagem!

O projeto Cultura Pernambucana Pede Passagem, desenvolvido pelo Colégio Soledade (Paulista/PE), é resultante de uma proposta de trabalho de educadores, funcionários e alunos, em ações de coragem, compromisso, conhecimento e apoio, com o objetivo de inovar a prática educativa para um trânsito mais seguro. Vamos conhecer, da autora Eunice Negromonte, o histórico, as etapas do desenvolvimento, os produtos e prêmios desse projeto de sucesso.

Histórico – a autora passa a interessar-se pela temática após sua participação em um curso para instrutor e diretor de ensino do Centro de Formação de Condutores no Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran). O curso teve como foco principal mostrar a trágica realidade e apresentar possíveis soluções partindo da área educacional.

Sensibilizada com a triste realidade do trânsito brasileiro, expressa nas estatísticas que apontam o acidente de trânsito como a terceira causa de morte no Brasil, acompanhadas de pesquisas que sinalizam um índice de 90% das falhas de natureza humana, tanto do pedestre como do condutor, a autora, pautada no artigo 1º do novo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – “O Trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito” –, desenvolve sua monografia, do curso de pós-graduação em Planejamento e Gestão Educacional, com o tema Trânsito: uma visão educativa. E é desse estudo aprofundado que nasce o projeto Cultura Pernambucana pede Passagem: Colégio Soledade no Trânsito…, fundamentado no artigo 76 do CTB: “A educação para o trânsito, que será promovida na pré-escola e nas escolas de 1º, 2º e 3º graus”, que estabelece a necessidade da educação em segurança no trânsito nas escolas, trazendo a liberdade na escolha das práticas pedagógicas para o ensino– aprendizagem. O projeto, hoje realidade de sucesso, é resultado de um trabalho com a participação da direção, de educadores e funcionários que tiveram a coragem de inovar (num tema nunca visto), apostar (na intuição que iria dar certo), de assumir compromisso (de resultado que seria a longo prazo); e de alunos, pelo conhecimento adquirido e a capacidade de serem grandes multiplicadores; dos pais, pelo apoio; das autoridades competentes, pelo prestígio e incentivo.

Desenvolvimento
Em sua primeira etapa, o projeto Cultura Pernambucana pede Passagem: Colégio Soledade no Trânsito… teve a capacitação dos educadores de todas as disciplinas sobre o tema e sobre como ele deveria ser trabalhado nas respectivas matérias. Como resultado, foram registrados trabalhos nas diversas questões que respondem pela prevenção no trânsito:

LÍNGUA PORTUGUESA – Sinalização.
CIÊNCIAS – Meio Ambiente e Cidadania (Primeiros Socorros).
HISTÓRIA – A História do Trânsito Brasileiro e Outros Transportes.
ARTES – Balé, Músicas, Danças Populares, etc.

Na segunda etapa do projeto, em reunião com os pais, foi solicitado o apoio para participação dos alunos nas programações e nos eventos dentro e fora do Colégio. Os pais também participaram de uma pesquisa sobre o tema, que subsidiou ações desenvolvidas pela Escola.

Como terceira etapa, a direção e os educadores trabalharam com os alunos de todas as séries, iniciando pela pesquisa dos conhecimentos prévios sobre o tema, seguida de atividades culturais relativas às disciplinas e ao tema, o que resultou na feira Soletrânsito.

O Projeto Cultura Pernambucana pede Passagem: Colégio Soledade no Trânsito… apresenta diversas ações e produtos, como: músicas, poesias, paródias, redações, etc., dentre eles destacamos o CORDEL PARA O TRÂNSITO:

CORDEL PARA O TRÂNSITO

Peço proteção a Deus
E a Virgem Mãe concebida
Para falar sobre o trânsito
Que como fera homicida
No Nordeste Brasileiro
Já tem no Brasil inteiro
Roubado milhões de vida.

Cultura Pernambucana
No trânsito pede passagem
O Mestre Salustiano
Com força, fé e coragem
Tocando a sua rabeca
Pra mocidade sapeca
Envia a sua mensagem.

Todos devem ter cuidado
Do jeito que o Código manda
Nas músicas de maracatu
Coco de roda e ciranda
Frevo e bumba-meu-boi
O intuito de todos foi
Fazer essa propaganda…

… O Detran está em ação
Mostrando boa vontade
E o novo código é contra
Toda irregularidade
Ganhando a população
Uma boa orientação
Do Colégio Soledade.

APRESENTAÇÃO

Com gentileza, Meus Senhores,
Agora eu lhes apresento
Um cordel para o trânsito
Encomendado com respeito.

O Colégio Soledade
Comemora o centenário
Dessa arte tão popular
Que até erudito encanta
Lançando o primeiro Cordel
De educação para o Trânsito.

Que busca reduzir
Essa tal mortalidade
Numa maneira muito simples
De educar com dignidade.

É um projeto arrojado
De trânsito e de coragem
Que traz a Cultura Pernambucana
Dentro de sua bagagem.

Espero que essa arte
Não fique no barbante
Que siga para as escolas
E autoridades competentes.

Ensinando o pobre e o rico,
O branco, o negro e o índio
Na cidade ou no sertão
Como se constrói a Paz no Trânsito
Através da Educação.

Eunice Negromonte – autora e coordenadora do projeto, graduada em pedagogia, pós-graduada em Planejamento e Gestão Educacional, diretora geral do Centro de Formação de Condutores, docente e diretora do Colégio Soledade na cidade de Paulista (PE).

O Colégio Soledade é uma escola da rede particular, iniciou com o Ensino Infantil, Fundamental I e II em 1987 e, posteriormente, implantou o Ensino Médio. Situado na Rua Noventa, 230, Maranguape I, Paulista-PE CEP: 53441-480. E-mail: csoledad@terra.com.br. Fone: (81) 3433-0979.

PRÊMIOS

XIII PRÊMIO VOLVO DE SEGURANÇA NO TRÂNSITO
2001/2002 – Na categoria Escola

II PRÊMIO DENATRAN de Educação para o Trânsito
Dezembro/2002, segundo lugar na categoria Pesquisador

2º CONGRESSO INTERNACIONAL DOS EXPOENTES NA EDUCAÇÃO

Para adquirir o Cordel para o Trânsito, solicite pelo e-mail do Colégio Soledade: csoledad@terra.com.br

 

cubos