Edição 07

Espaço pedagógico

O sol da justiça e da paz vem nos visitar

Falar de paz… Será que é tão difícil assim? Não precisamos nem abrir as portas de nossas casas, para vermos o tamanho da violência. Pela televisão somos informados constantemente de que o mundo está
necessitando de PAZ urgentemente.

Para despertar em nossos alunos ações de bem-estar e contribuir para a paz global, são preciso que todos nós, professores e escola trabalhemos com a formação de valores e atitudes do cotidiano escolar. Como por exemplo: na hora do lanche, num jogo, numa tarefa, na formação de fila, entre outros. Não perca tempo. Comece já. A paz nos espera!

O Educador da Paz avalia como um educador, não como um transmissor de informações. Os alunos não são avaliados segundo sua intelectualidade, mas enquanto pessoas humanas. Valoriza suas atitudes em sala de aula, sua dedicação aos estudos, sua responsabilidade, pontualidade e dedicação nos trabalhos pessoais e em equipe. Não usa os instrumentos de avaliação como meio de atemoriza, e sim para desenvolver o espírito de autocrítica, estimula a superação das dificuldades e conduz o aluno e o grupo a uma perspectiva de auto-avaliação.

cubos