Edição 110

Mensagem Final

Que alegria ser professor

59Temos vivido tempos bem difíceis.
O homem se tornou lobo do homem.
Tantas guerras, destruição, ganância!
Estamos, a cada dia, destruindo a infância.
Acabando com nosso planeta, não nos falamos mais olhando olho no olho.
Nossa cabeça e nossos olhos fixos em um aparelho… o celular.
O que será do nosso futuro?
Nos tornaremos dependentes das máquinas?
Guiados por elas?
O que deixarei para meus filhos e netos?
Frieza, ganância, arrogância?
Não, não quero ser um escravo cibernético, “fantoche” das mídias.
Quero acolher e espalhar flores.
Sorrir e irradiar amor; por isso, que alegria ser professor!

Antonia Lino
Colégio Emanuelle – Fortaleza/CE

cubos