Edição 110

Projeto Didático

Sistema monetário: a utilização do dinheiro na aprendizagem da matemática

Renan Bride de Oliveira

“Planejamento, organização e motivação são fatores essenciais para prosperidade”

Projeto: Sistema Monetário: a Utilização do Dinheiro na Aprendizagem da Matemática
Duração: 1 mês
Série: 4º ano
Professora: Helen Oliveira Campos Guimarães
Coordenadoras: Lázara Heloisa Santos Lizardo e Leidia Moreira Lima

Justificativa40

O sistema monetário é importante de ser trabalhado, pois faz parte do cotidiano de todos nós, assim como as quatro operações, quando realizamos compra ou pagamento.

41O projeto aborda a importância da utilização e compreensão do sistema monetário brasileiro para o desenvolvimento de atividades práticas no cotidiano dos alunos, utilizando a Matemática de forma simples e aplicada. Algumas questões serão trabalhadas a fim de aperfeiçoar nos alunos a competência para lidar com o dinheiro, o que já se introduz desde cedo devido ao convívio social com os adultos e pela entrada no mundo escolar.

Esse conhecimento é tão importante para a nossa vida que mesmo as pessoas que nunca tiveram a oportunidade de passar pelo aprendizado sistemático da escola adquirem-no de forma adequada. Isso acontece em razão de o sistema monetário (composto por cédulas e moedas) fazer parte do nosso cotidiano.

É muito comum vermos crianças pequenas manuseando moedas, seja para juntá-las em um cofrinho, seja para comprar o lanche da escola. Esse contato é muito importante, pois a criança vai aprendendo as primeiras noções matemáticas, além de descobrir o valor das coisas e a importância de se juntar e economizar. Aos poucos, as crianças vão construindo um saber matemático que ficará para toda a vida, através do sistema decimal de numeração, da composição e da decomposição, da comparação, além das quatro operações.

Vemos, assim, que trabalhar com o sistema monetário pode ser uma atividade bem atrativa para os alunos, que não precisam, necessariamente, ficar presos aos livros didáticos, mas podem trabalhar de forma ativa, com cálculos mentais e, ao mesmo tempo, com diversão.

Objetivos

• Conhecer o sistema monetário brasileiro.
• Aprender a utilizar o dinheiro: comprar, pagar, conferir o troco.
• Observar a forma de organização de um supermercado e dos produtos.
• Compreender a importância dos códigos de barras nos produtos.
• Diferenciar e comparar os produtos do supermercado.
• Conhecer as diferentes notas do real.
• Resolver os problemas matemáticos simples.
• Receber o troco de maneira correta.
• Compreender como funciona a compra e venda.
• Representar por meio da escrita os valores do sistema monetário.
• Comparar preços.
• Desenvolver cálculo mental envolvendo real e centavos.

Temas transversais42

• Pluralidade cultural (pluralidade cultural e a vida das crianças no Brasil, constituição da pluralidade cultural no Brasil, o ser humano como agente social e produtor de cultura, pluralidade cultural e cidadania).

• Trabalho e consumo (relações de trabalho; trabalho, consumo, meio ambiente e saúde; consumo, meios de comunicação de massas, publicidade e vendas; direitos humanos e cidadania).

Atividades propostas

• Conversa informal sobre o tema para testar os conhecimentos prévios dos alunos:

- O que os alunos sabem?

- Eles conhecem dinheiro?

- E o que desejam aprender sobre dinheiro?

- Será que sempre existiram cédulas e moedas?

• Texto informativo sobre a história de como surgiu o sistema monetário e como antes era feita a compra e venda, já que não existia o dinheiro.

• Atividades propostas desenvolvidas em uma perspectiva de experiências práticas, partindo do conteúdo principal: sistema monetário.

• Ida ao supermercado local para fazer a compra do lanche do dia e, assim, vivenciar a compra, o troco e a qualidade dos alimentos.

• Realização de feira onde irão vender produtos trazidos por eles.

• Pesquisa de preços de produtos utilizando encartes de supermercados.

• Trabalho com questões envolvendo as quatro operações.

• Momentos de aulas expositivas, dinâmicas de grupo, leituras, debates e atividades teóricas e práticas referentes aos temas estudados.

Avaliação

O processo avaliativo do projeto se dará através da observação no desenvolver das aulas e da efetivação dos objetivos propostos, considerando a participação do aluno nas atividades executadas durante todas as semanas e analisando a produção e os conhecimentos adquiridos mediante o que cada um fez.

Referências

MARTINS, Rodrigues. Matemática em mil e uma histórias – quem inventou o dinheiro? Sistema monetário. São Paulo: FTD, 1998.

ROCHA, Ruth. Como se fosse dinheiro. Rio de Janeiro: Salamandra, 2004.

https://blog.maxieduca.com.br.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_monet%C3%A1rio.

https://educador.brasilescola.uol.com.br.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br

cubos