Edição 134

Mensagem inicial

Como vencer gigantes

William Douglas e Flavio Valvassoura

Um guerreiro nunca vai sozinho para o combate.

Ele sempre leva consigo tudo o que treinou até o dia da batalha. Cada vez que você luta, está acompanhado de todas as lutas que já travou um dia.

Quem está sempre ao seu lado quando você precisa de apoio? E você é essa pessoa para alguém? Quem em sua vida lhe dá a sensação de que você não está sozinho? Quem faz com que seus medos se tornem menores? Quem promove o treinamento de que você precisa para enfrentar as batalhas da vida?

É curioso pensar que a situação pode se inverter e que quem hoje ajuda (ou ignora) pode ser aquele que necessitará de apoio amanhã. Algo semelhante aconteceu com Davi. Ele foi duramente desprezado pelo irmão mais velho, Eliabe, que mais tarde precisou engolir seu orgulho e se curvar diante do novo rei. Muitas pessoas agem como Eliabe e, depois, precisam conviver com quem era pequeno e se tornou grande.

Não cometa esse erro para nunca estar sozinho e para que nunca encontre pessoas que tenham “contas a acertar” com você. Esse fenômeno é corriqueiro na vida: pessoas “grandes” ignoram ou maltratam as “menores”; o tempo passa, as situações se invertem, e quem foi cruel com os mais frágeis acaba passando por maus bocados.

Seja grato e generoso. Esteja preparado para suas batalhas. Dê apoio a quem precisa. Permita-se ser ajudado. Assim, você nunca estará sozinho.

ATIRE A PEDRA!

O medo de lutar pode até ser sua
companhia, só não pode ser seu guia.

Não precisamos lutar sozinhos;
sempre existe alguém que pode ajudar.

Seja grato a quem o ajudou quando você
estava sozinho ou pequeno.

Ajude quem é pequeno ou fraco.

 


DOUGLAS, William; VALVASSOURA, Flavio. Como vencer gigantes. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.

cubos