Edição 134

Matéria Âncora

Fraternidade e Amizade Social

Lourdinha Cunha

Querido professor,

Ter o tema da Campanha da Fraternidade como eixo norteador dos nossos trabalhos durante o ano letivo nos embasa e nos fortalece para traçarmos nossos objetivos educacionais.

Este ano, o tema da Campanha da Fraternidade é Fraternidade e Amizade Social, um tema amplo que não trabalha a amizade apenas como bem querer, mas que nos faz refletir sobre a capacidade da conversão, da transformação em nós mesmos para estarmos sempre dispostos ao outro.

Que referências, então, iremos passar para nossos alunos para que se reconheçam como cidadãos fraternos, agindo como verdadeiros irmãos, sem olhar condições físicas, etnias, classe social, religião?

Que janelas abriremos a eles para que vejam o mundo lá fora além das barreiras do egoísmo, da intolerância e da indiferença?

A Campanha está aí para nos alertar, para fazer de nós professores “Sentinelas da Amizade”, para construirmos teias de relacionamentos que façam da sala de aula e da escola um ambiente de diálogo, empatia, respeito, elementos essenciais para a “cultura do encontro”.

Precisamos, querido professor, fazer como o Papa Francisco diz: “Construir pontes onde quer que estejamos”. Treinar competências que despertem em nossos alunos o desejo de servir, de ser generoso; dotá-los de capacidade para enfrentar, junto com o outro, as adversidades; fortalecê-los para que se oponham às atitudes de discórdia, de divisão, de egoísmo. Ponha, então, “a mão na massa”!
Trace um projeto com objetivos claros, com atividades que humanizem e “revigorem a consciência” de que precisamos uns dos outros. Crie cartelas de incentivo ao amor, ao respeito. Trabalhe regras de convivência e de cidadania, como: promover o diálogo, cuidar do problema do outro, não ficar indiferente diante da injustiça. Desperte, nos alunos, a consciência solidária para aprenderem a pensar em prol de uma coletividade. Promova sessões de vídeos e leitura de textos ou livros que enfoquem a amizade, a tolerância e a gentileza e faça rodas de debate para que reflitam sobre cada tema.

Enfim, professor, você tem o maior instrumento de trabalho: o seu compromisso com a educação.


Lourdinha Cunha é formada em Pedagogia, Especialista no Ensino Fundamental Anos Iniciais, com experiência de 48 anos como professora do Ensino Fundamental I.

cubos