Edição 133

Prazer de ler

Prazer de Ler

Apresentamos, nesta edição, a autora Lorena Aguiar, publicada pela Editora Prazer de Ler.

Me chamo Lorena Aguiar e atuo como editora das coleções de livros didáticos direcionadas aos ensinos Médio e Fundamental II da Editora Construir. Desde a infância, minha imaginação e criatividade se destacaram e contribuíram para o desenvolvimento das minhas habilidades literárias. Aos seis anos, escrevi minha primeira história: nela, uma generosa avó preparava deliciosas sopas e vestia um belo xale amarelo e florido. Nesses primeiros passos, já era possível notar o meu interesse em retratar, de forma artística, detalhes peculiares sobre as pessoas e o cotidiano.

Ao longo dos anos, a sede por conhecimento me conduziu a outras jornadas. Entre as principais conquistas da minha vida adulta, estão as graduações nas áreas de Biologia e Odontologia. Com a experiência que adquiri nessas formações, procuro transmitir meus conhecimentos profissionais de forma criativa e didática, tanto para alunos como para pacientes. Para isso, em minhas obras de literatura infantil, gosto de mesclar conhecimentos científicos com questões socioemocionais, pois acredito que esse tipo de abordagem pode aprimorar a forma como os conhecimentos são assimilados pelo público infantil.

Minha primeira obra literária publicada, Nina e a transformação da lagarta, teve como principal inspiração as reflexões sobre a vida que me acompanhavam desde a minha infância até o meu processo de amadurecimento. Nesse livro, o processo de metamorfose da lagarta foi retratado com muita criatividade a partir de memórias marcantes dos meus primeiros anos de vida.

O segundo livro paradidático que escrevi foi inspirado nas minhas relações familiares e se chama De onde vêm as pérolas da vovó?. Essa história teve como referência a minha vovó Zeza, uma senhora simpática e com mal de Alzheimer que sempre admirou a elegância e o charme dos acessórios com pérolas. A partir dessa peculiaridade da minha avó, escrevi sobre o processo de formação das pérolas de forma didática e divertida.

Além dessas obras, também publiquei O monstrinho do dente, um dos meus livros preferidos! Ele foi feito a partir dos meus conhecimentos adquiridos na graduação de Odontologia e com base nas minhas experiências na Odontopediatria. Durante os meus atendimentos, percebia que as crianças tinham medo de dentistas e senti a necessidade de escrever uma obra capaz de fornecer detalhes importantes sobre essa profissão e fazer com que o público infantil se sentisse mais seguro nas consultas.

Para mim, o ato de escrever vai além dos conhecimentos científicos, pois representa uma soma de diferentes habilidades que desenvolvemos ao longo da nossa trajetória. Sendo assim, a mesma vontade de adquirir novos aprendizados presente na minha infância e na adolescência continua me motivando a buscar novos horizontes, sempre de olhos atentos para as peculiaridades do mundo e compartilhando minhas experiências e ideias com as pessoas ao meu redor.

De onde vêm as pérolas da vovó?

Nina é uma criança muito esperta que, em um passeio na praia com toda a sua família, vê uma pérola igual às que estão no colar da sua avó. Assim como Nina, venha conhecer como surgem as pérolas naturais e se divertir com essa aventura!

Nina e a transformação da lagarta

Nina, às vezes, sente-se um pouco triste porque deseja crescer rápido. Ela queria uma forma de acelerar o tempo! Nessa incrível história, Nina faz uma grande amizade que lhe ensina um pouco mais sobre saber esperar o tempo certo das coisas.

O monstrinho do dente

Otávio é um menino muito alegre, seu único problema é que ele come muitos doces e esquece-se de escovar os dentes.
Que tal conhecer a aventura de Otávio, quando ele vê um visitante incomum em seu dente?

 

cubos