Edição 134

Contracapa

Identidade visual da CF 2024

1. O tema: Fraternidade e Amizade Social, bem no alto do cartaz, recorda que este é o tema escolhido para a Campanha da Fraternidade 2024, pela qual seremos convidados a transformar a divisão em fraternidade; a substituir a indiferença e o ódio por amizade social.

2. O lema: “Vós sois todos irmãos e irmãs” (cf. Mt 23,8) é a presença da Palavra de Deus, iluminadora da realidade em que vivemos e desafiadora da nossa conversão. Se, de fato, nos reconhecermos como somos, ou seja, como irmãos e irmãs de todos, certamente viveremos entre nós a fraternidade e a amizade social.

3. A casa: é o ambiente geral do cartaz. Casa, que é referência ao lar, onde gostamos de acolher os irmãos e amigos para a partilha do alimento e da vida. Casa, que é referência à Igreja, Casa de Deus que Ele quis estabelecer entre os seres humanos para nos acolher, alimentar e celebrar nossa vida na sua. Casa, que é, enfim, referência à Terra, nossa Casa Comum, da qual devemos cuidar com responsabilidade fraterna em vista das gerações presente e futuras.

4. A mesa: à mesa gostamos de estar sempre rodeados de amigos, partilhando o alimento, a bebida, boas risadas e a vida concreta como ela é. A mesa remete também ao Sacramento da amizade de Deus conosco e de nós todos com Ele, pois Ele quis que celebrássemos essa amizade redentora ao redor de uma mesa, com pão, vinho e fraternidade.

5. As diversas personagens: cada uma com suas singularidades, etnias, condições físicas, idades, etc. — todas se apoiam alegremente, dando expressão à fraternidade e à amizade social.

6. As janelas: as janelas abrem a cena para o mundo, para a realidade rural e urbana, especialmente para aqueles que estão privados da mesa de todos, da mesa da fraternidade e da amizade social. Abrem inclusive para o ambiente socioambiental, para a Criação.

7. O Papa com sua bengala: Francisco, assumindo suas limitações, é aquele que propõe para o mundo o tema da amizade social como absolutamente necessário para a nossa subsistência como seres humanos. A amizade social é dom de Deus e tarefa nossa. Com seu amor fraternal, Francisco está sempre disposto a participar da nossa vida e ajudar-nos a construir pontes onde quer que estejamos.

8. A cruz de Dom Helder: presenteada a todos os bispos presentes no 18º Congresso Eucarístico Nacional, em Olinda e no Recife/PE, no mês de novembro de 2022, a cruz de Dom Helder, pendurada ao pescoço do Papa Francisco, nos recorda das semelhanças entre esses dois grandes homens de Deus e da nossa história. Recorda-nos também de que, há 60 anos, a CF era celebrada e vivenciada pela primeira vez em âmbito nacional. Embora tenha sido criada por Dom Eugênio Sales, na Arquidiocese de Natal/RN, foi Dom Helder, então secretário-geral da CNBB, que envidou os esforços necessários para torná-la nacional, assumida por todas as igrejas locais do nosso imenso Brasil.

9. Os alimentos: típicos da dieta mediterrânica, os alimentos que estão sobre a mesa recordam as refeições de Jesus. Foram muitas! Foram muito significativas! Foram ímpares! Cinco pães e dois peixes, o fruto da videira, o azeite, a romã e o cálice de vinho recordam a sua presença em meio à comunidade, fazendo da fraternidade a expressão da sua memória

10. A coleta: por fim, o cartaz apresenta o convite à Coleta Nacional da Solidariedade, que acontecerá em 2024, no dia 24 de março, Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor. A Coleta Nacional da Solidariedade gera o Fundo Diocesano e o Fundo Nacional de Solidariedade, que, com todos os seus recursos, socorre centenas de projetos sociais por todo o Brasil, especialmente aqueles ligados ao tema da CF.

 

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB
Campanha da Fraternidade 2024.
Texto-base. Brasília: Edições CNBB, 2023.

cubos