Edição 124

Construindo mais conhecimento

Vinte estimuladores simples da paciência

M. J. Ryan

Procedimentos fáceis de que você pode lançar mão na hora em que estiver procurando aumentar sua paciência.

 

1. Se você está trabalhando em um projeto grande, prefira observar o que já fez, em vez de pensar no que ainda tem a fazer. A abordagem do “copo metade cheio” em vez de “copo metade vazio” aumenta a paciência porque apela para nosso senso positivo. Um homem escreveu sobre a construção de um barco: “Eu não penso sobre quanto tempo vai demorar, mas observo o que já fiz”.

2.Você está no seu limite de tolerância com alguém no trabalho ou em casa? Experimente uma boa caminhada ou uma corrida. Você queimará os hormônios do estresse que se acumularam em seu sistema e terá mais capacidade para 

retomar sua paciência quando voltar.

3.O velho conselho de contar até dez antes de falar em uma situação acalorada pode realmente funcionar. Esses segundos dão a chance de lembrar o que de fato é importante para você desperdiçar energia ou encontrar uma solução eficaz. Se contar até dez não funcionar, experimente contar até vinte. Continue contando se for necessário!

4. Em vez de ficar resmungando, busque soluções práticas para contornar características de seu parceiro que irritam você. Compre uma geladeira que faz cubos de gelo automaticamente se você fica uma fera por que ele sempre se esquece de encher as bandejas de gelo; compre a pasta de dente que vem com uma dessas tampas que não saem se você fica fora de si ao ver o tubo sem a tampa; coloque uma mola na porta do banheiro se ele deixa a porta aberta. Existem soluções muito simples, basta procurar por elas.

5. Ponha uma pedrinha no seu bolso. Quando começar a sentir a irritação aumentando, passe a pedrinha de um bolso para o outro. Isso ajudará a interromper o ciclo da raiva e dará a você a oportunidade de se recompor.

6.Ao ficar em pé numa fila, transporte-se para férias mentais. Visualize o lugar mais tranquilo que você puder. Imagine, sinta e ouça a si mesmo nesse lugar. Reflita sobre os sentimentos que ele evoca em você. Em vez de se concentrar no quanto terá de esperar, aproveite essa oportunidade para sonhar com o lugar mais bonito que conhece ou deseja conhecer.

7. Filhos, pais ou cônjuge fazem seu sangue ferver? Pense na lembrança que você quer deixar no mundo. Seu pai em seu leito de morte irá agradecer por sua dedicação? Seus filhos pensarão em você como um pai amoroso e companheiro? Seu parceiro evocará a mulher solidária e companheira que você foi? Pare um minuto agora para pensar em como gostaria que os outros se lembrassem de você depois de sua morte e use esse pensamento nos momentos tumultuados de seus relacionamentos.

8. Inicie um movimento pela paciência. Agradeça às pessoas que estão atrás de você por serem pacientes enquanto você procura moedas para pagar uma conta, fazendo a fila parar. Isso desarmará a tensão deles e a sua e talvez estimule os outros a fazerem a mesma coisa.

9. Quando tiver de esperar um bom tempo para alguma coisa acontecer — um projeto grande, por exemplo —, comemore pequenos avanços ao longo do caminho. Dez páginas concluídas? Leve-se para almoçar fora. Quando nos premiamos por algo que realizamos, injetamo-nos ânimo para continuar.

10. Sem tempo para fazer um retiro? Use a fila de espera para praticar meditação andando. Sinta seus pés no chão. Levante cuidadosamente um pé, observe a sensação de fazer isso. Coloque-o cuidadosamente de volta no chão e, então, de modo consciente, levante e abaixe o outro pé. Procure se concentrar no ato de levantar e abaixar os pés. Quando perceber que está começando a divagar, delicadamente volte sua atenção para o ato de caminhar. Não só você terá mais calma para esperar como estará fortalecendo o seu músculo da paciência.

11. Esperando impacientemente o seu computador ligar? Faça alguns exercícios de alongamento para relaxar os músculos das costas e do pescoço. Afaste-se da mesa, sente-se na beira da cadeira com os joelhos e pés afastados cerca de trinta centímetros um do outro. Ponha a cabeça entre os joelhos e deixe suas mãos descansarem no chão, entre seus pés. Fique respirando e deixe a irritação e a tensão passarem do seu corpo para o chão.

12. Experimente a meditação da luz vermelha. Num sinal vermelho ou diante de qualquer frustração, respire conscientemente três vezes. Simplesmente observe como o ar entra e sai, naturalmente, sem tentar alterar nada.

13. Preste atenção nas tarefas que está desempenhando. Ao limpar a mesa da cozinha, por exemplo, concentre-se no que está fazendo. Sinta seu braço se movendo para um lado e para o outro e aprecie o brilho que você está criando. Ao se fixar no prazer da atividade, você obtém mais paciência para realizá-la.

14. Corte ou elimine a cafeína. A cafeína é um estimulante que pode causar agitação, irritabilidade e desânimo para enfrentar a vida. De acordo com uma pesquisa, a maioria dos americanos consome mais do que a quantidade recomendada de duzentos miligramas por dia. (A xícara média de café contém cem miligramas.) Quando percebi que estava bebendo um litro de mate por dia, troquei para o descafeinado: o gosto não era tão bom, mas valeu pelo aumento da calma e da paciência.

15. Você se irrita quando alguém fala demais e você não pode escapar? Pense em uma ocasião em que necessitava que alguém fosse paciente com você e encontrou essa pessoa. Quando nos lembramos do poder de cura que a paciência de alguém teve em nossa vida, passamos a ser mais pacientes com os outros.

16. Eu prefiro vencer a discussão ou alcançar meu objetivo? É uma ótima pergunta para você se fazer quando estiver discutindo com alguém. Use-a sempre que precisar para manter claros seu objetivo e sua paciência.

17. Encontre uma citação inspiradora, escreva-a num adesivo e cole-o no seu computador, no espelho do seu banheiro ou em seu carro. Quando você perceber que está perdendo a calma, leia-a para estimular sua paciência.

18. Peça ajuda. Muitas vezes ficamos impacientes porque estamos sobrecarregados e exaustos. No fim da vida, você não receberá um prêmio por ter feito uma quantidade enorme de coisas, especialmente se as tiver feito em um estado de esgotamento e exasperação.

19. Experimente rir de si mesmo ou de sua situação. Christopher Reeve descreveu, com eloquência, como o ato de rir o ajudava a enfrentar a depressão causada pela paralisia. Ele sempre procurou responder com bom humor às perguntas sobre seu estado físico e emocional.

20. Impaciente no escritório? Entre num site que tenha figuras que acalmam, ouça música suave ou faça exercícios de relaxamento sentado à sua mesa. Dê pequenas paradas de um minuto, relaxe o corpo, sinta os pés no chão e respire fundo algumas vezes.

RYAN, M. J. O poder da paciência. Rio de Janeiro: Sextante, 2020.

cubos